Introdução
Causas
Indicações
Planejamento
Técnica
Resultados
Garantia
Fotos
AAG na Mulher
Contatos
Localização

Alopecia AndroGenética na Mulher (Calvície Feminina)

bulletINTRODUÇÃO
 

A sociedade em que vivemos está preparada para aceitar homens calvos, mas nunca mulheres calvas. Nesse sentido, torna-se um problema sério para a mulher.

Geralmente, a queda de cabelo na mulher se deve a uma associação de fatores, como o fator genético com endocrinopatias androgênicas, o fator hormonal (agravado pelo uso de produtos tópicos agressivos ao cabelo), doenças sistêmicas como o hipo ou hipertireoidismo, dietas alimentares, o uso de drogas, fumo e o fator psicológico que está sempre presente.

Toda mulher tem uma diminuição no volume de cabelo se comparado com a fase pré-puberdade, acentuando-se após a menopausa, quando existe uma diminuição dos níveis de estrógenos com um predomínio de andrógenos. Esta diminuição no volume de cabelo, de uma forma discreta, é normal na fase em que a mulher se encontra, caso tenha uma forte predisposição genética, uma produção aumentada de andrógenos ou ingestão de drogas com atividade androgênica, como no caso de alguns anovulatórios.

 

bulletTRATAMENTO MULTIDISCIPLINAR
 

Deve-se iniciar o tratamento clínico procurando um DERMATOLOGISTA que fará um estudo do seu cabelo, afastando e tratando patologias do couro cabeludo. Nesta fase recomendamos o uso de Solução de Minoxidil de 2 a 5%, por um período de um ano, podendo associar-se ao Viviscal ou Accuvit, entre outros de acordo com orientação profissional.

Em paralelo ao tratamento dermatológico, procurar um ENDOCRINOLOGISTA e/ou seu GINECOLOGISTA, que através de exames, descartará a possibilidade de uma doença sistêmica, como por exemplo: um tumor de ovário ou adrenal, ovário policístico, hiperplasia adrenal congênita e outras patologias que provocam queda de cabelo, devido ao aumento de testosterona.

O estudo laboratorial hormonal e do ferro sérico, deve ser realizado nesta oportunidade e a normalização hormonal, caso necessária, feita sob orientação destes especialistas.

Somente depois de descartadas todas as possibilidades de patologias sistêmicas, consultando os médicos citados, não ocorrendo melhora do quadro clínico após um ano de uso da medicação recomendada e/ou comprovado o fator genético como o principal fator de queda de cabelo, procurar um CIRURGIÃO PLÁSTICO especializado em transplante de cabelo.

 

bulletTRANSPLANTE DE CABELO NA MULHER

Esta cirurgia oferece um tratamento adequado para pacientes em que a região occipital constitui-se numa boa área doadora, ou seja, há uma quantidade normal de cabelo nessa área.

 

ANTES

DEPOIS

Voltar Homepage Avançar

Para entrar em contato conosco (11) :

Telefones :
3289-09013284-2552

 Celular : 99986-3528

 E-Mail : massimo@aclnet.com.br