TRANSPLANTE DE CABELO (FUE - FUT)

Cirurgia

Planejamento

No planejamento cirúrgico, consideramos os seguintes elementos:

  • As necessidades da área receptora (área calva) e a capacidade da área doadora (área de cabelo normal), definindo o número de etapas para cada caso.
    Em caso de calvície acentuada faremos várias etapas ou utilizaremos a técnica combinada de transplante.

  • Uma projeção futura do cabelo existente, se vai se manter ou não.

  • A densidade de cabelo da área doadora, ou seja o número de fios por cada centímetro quadrado de couro cabeludo.

  • Tipo de cabelo: liso, ondulado ou crespo.

  • Diâmetro do cabelo: grosso ou fino.

  • Espessura do couro cabeludo.

  • Inclinação do antigo cabelo, através de fios sentinelas e cabelo vizinho.

  • Cor de cabelo: preto, castanho, loiro, grisalho ou branco.

  • Tipo racial.

  • Elasticidade do couro cabeludo.

  • Análise do ciclo normal do cabelo.

GMMC (22).jpg

Feito um estudo dos elementos acima, podemos planejar as táticas mais adequadas, refinamentos e definir qual a técnica que seu caso exige. Além disso, será feita uma análise das condições clínicas/físicas do paciente, por meio de exame laboratorial e cardiológico.
 

Os cabelos transplantados passam a crescer naturalmente após 90 dias em média, crescendo um centímetro por mês durante toda a vida. Portanto, com 8 meses após o transplante, os fios estarão em média com 5 cm de comprimento, ocasião em que o paciente já poderá submeter-se a uma segunda etapa e depois uma terceira, sempre de acordo com o que foi previamente planejado para cada caso.

Técnicas

A perda de cabelos quase sempre faz com que as pessoas aparentem uma idade mais avançada do que a real. Esta preocupação atinge homens e mulheres, levando-os a uma busca generalizada de produtos ou medicamentos, cujos resultados deixam a desejar. Contra a calvície a melhor solução é o transplante de cabelo, do seu próprio cabelo, pelas técnicas FUE, FUT ou combinada que oferecem um tratamento natural e, consequentemente, similar ao cabelo que já existia anteriormente.

  • FUE

​Na técnica FUE a retirada das unidades foliculares é feita sem cortes e com extração unitária. Para realizar essa técnica será feito um corte de cabelo bem curto. A duração média desta cirurgia é de 12 horas e são transplantados até 6000 fios. Veja nos vídeos abaixo os procedimentos desta técnica.

 

FUT2.jpg
FUT1.jpg
  • FUT

Na técnica FUT a retirada das unidades foliculares é feita através de um corte no couro cabeludo. Não há necessidade de cortar o cabelo nesse tipo de técnica. A duração média desta cirurgia é de 5 a 6 horas e são transplantados até 6000 fios.

 

  • Combinada

​A técnica combinada é a associação das técnicas FUE + FUT, indicada para calvícies de grande extensão. A duração média desta cirurgia é de 15 horas, podendo ser transplantados até 10.000 fios.

 

​​​​

COMB.jpg
tecnica4.jpg
tecnica3.jpg

De maneira geral, a técnica do transplante de cabelo com fio individualizado corresponde à separação de unidades foliculares, através de lentes de aumento e empregando tecnologia de ponta em materiais de microcirurgia, aliada à habilidade cirúrgica da equipe médica.
 

A garantia de crescimento baseia-se no fato de que os cabelos das regiões temporo-occiptais (da parte lateral e de trás) crescem durante toda vida por existir diferença embriológica com os cabelos fronto-parietais (da parte mais superior da cabeça). Portanto, esses cabelos transplantados mantêm sua característica de nascer por toda a vida.

O QUE É O IMPLANTE DE CABELO?
Constitui-se numa técnica que utiliza fio artificial sintético, cujo resultado vai piorando já no primeiro ano após a intervenção. Isso acontece porque o fio do implante não cresce, perde sua coloração, tem rejeição e ainda pode provocar infecções. Por esses motivos, não realizamos e nem recomendamos o implante de cabelo, mas sim o transplante de cabelo que utiliza o fio natural do próprio paciente.

GMMC (58).jpg

Vantagens

A cirurgia é realizada sob anestesia local mais sedação leve, sem sangramento e sem dor, devido aos cuidados tomados e ao anestésico local. O paciente dorme durante o ato operatório e ao seu término, pode ir para casa sem necessidade de internação hospitalar.
 

Toda a cirurgia é realizada com lentes de aumento binoculares, permitindo uma melhor visualização do folículo piloso e garantindo que os fios sejam colocados o mais próximo possível uns dos outros. Vale lembrar que todo material utilizado é descartável, empregando tecnologia e conceitos dos mais modernos existentes.

 

​​

GMMC (56).jpg

As vantagens da técnica folicular empregada no transplante de cabelo são inúmeras:

  • Não existe deformidade na superfície da pele onde o cabelo nasce com total naturalidade, na maioria dos casos, pois depende da cicatrização de cada paciente.

  • Melhor oxigenação folicular levando a um crescimento de cabelo saudável.

  • Período de nutrição por osmose diminuído, levando grandes vantagens na rápida nutrição por neovascularização.

  • Colocação de fios de cabelo o mais próximo possível uns dos outros.

  • Possibilidade de colocar até 6.000 fios em cada etapa.

  • Distribuição mais natural, seguindo a inclinação do seu antigo cabelo.

  • Praticamente não há sangramento, devido ao material de microcirurgia e da técnica utilizados.

  • Recuperação pós-operatória mais rápida e indolor.

  • Propicia ao paciente uma vida normal, podendo inclusive voltar ao trabalho no dia seguinte, na maioria dos casos (após a retirada do curativo), desde que sua atividade não requeira esforço físico.